VI Triatlo Longo “Quinta do Lorde” – Oceanlava Madeira 2017

Alice Hector (GBR) e Gustavo Iglésias (ESP), os grandes vencedores da competição internacional, disputada em Machico – Caniçal.

17553869_1660218814284449_626425145132348256_n17522706_1660218407617823_5897738497769334734_nRealizou-se no passado fim de semana, a primeira das grandes competições internacionais de Triatlo do ano na ilha da Madeira.
O VI Triatlo Longo “Quinta do Lorde” – Oceanlava – Madeira 2017, captou a atenção dos aficionados e media no passado domingo, com a disputa do muito exigente Triatlo Longo.

A competição do internacional, atraiu vários atletas de nível mundial, que viram nesta competição de inicio da época desportiva, uma excelente prova para iniciar a sua época ao mais alto nível, com destaque para Alice Hector, Pia Nielsen entre as senhoras e nos masculinos um quadro quadro de luxo, com Gustavo Iglesias, José Estrangeiro, Cristobal Rios, Guilbert Alain, Cedric Largajolli assim como os principais atletas madeirenses, Bruno Freitas, Paulo Margarido e Carlos Nóbrega, entre outros.

17554328_1660218880951109_3814668772389786776_n17554417_1660221324284198_4941758991845431072_nAlgumas dezenas de atletas internacionais, nacionais e os melhores madeirenses, na distância apresentaram-se à partida desta competição, que prometia uma elevada competitividade face ao novo percursos, já de acordo com os parâmetros internacionais, tendo a competição decorrida na Freguesia do Caniçal e Machico.

Aos primeiros sinais de luz matinal de Domingo (pelas 07h45), perto de oitenta de atletas, repartidos pelas 3 competições do evento, lançaram-se ao mar para a disputa dos segmentos de natação.

As primeiras dificuldades para os atletas e organização, deu-se neste momento com um agravamento do estado meteorológico, que tornou a competição quase extrema, com a necessidade de ajuste de vários dos parâmetros organizativos, a condicionar a partida por 10 minutos.

17458242_1660304500942547_615289608029728330_n17522779_1660304300942567_120129209731257983_nDada a partida, rapidamente os principais favoritos tomam a dianteira, da prova tendo-se registado a saída em primeiro lugar da natação do português José Estrangeiro e da mediática triatleta britânica, Alice Hector.

No segmento de ciclismo as dificuldades mantiveram-se para todos o grupo, com chuva, vento e frio intenso, que levou a desistência de vários dos atletas locais e estrangeiros.
No segmento de ciclismo, destaque para a grande prova de Gustavo Iglésias, que mostrou a sua experiência como antigo ciclista profissional, chegando facilmente à liderança da competição, tendo aumentado a sua vantagem para o melhor português, o conceituado José Estrangeiro.
Nas senhoras, Alice Hector, apesar dum problema técnico na bicicleta (fez toda a prova sem travões dianteiros), esta adaptou-se perfeitamente as condições do traçado aumentando gradualmente a sua vantagem para as oponentes.

17554239_1660219490951048_491705634017725526_n17499588_1660305750942422_1316789867726400082_nEntre os madeirenses Bruno Freitas, o campeão em título e vencedor da edição de de 2016, rapidamente tomou a dianteira entre os locais, fazendo uma prova solitária, que lhe permitiu controlar os adversários locais.

Na competição Olímpica e Sprint, muitas dificuldades para todos os atletas, que igualmente disputaram uma das mais difíceis provas já realizadas na Madeira, tendo enfrentado as adversas condições meteorológicas com grande resiliência, com destaque para as lideranças de Frederico Antunes e Carla Neves(distância Olímpica) e Miguel Franco e Joana Sousa (distância Sprtint).

17522848_1660307900942207_3574365576376434036_n17498860_1279018465520448_1563483294556176378_nCom 3h07min de prova entra para o segmento de corrida na liderança Gustavo Iglésias, com uma vantagem de 13 minutos!!!, sobre José Estrangeiro. Nas senhoras Alice Hector, manteve o domínio absoluto da sua competição após o sector de ciclismo.

Com o tempo a apresentar melhorias significativas, os atletas iniciaram a corrida, (realizada na estrada de acesso à ponta de São Lourenço, com grande espectáculo, uma vez que o portugês José Estrangeiro, tentou forçar o ritmo para forçar Gustavo Iglesias e “quebrar”, o que não veio a acontecer até a´final da prova.

Neste segmento observou-se uma grande prova de vários atletas, que registaram tempos de excelência na distancia de 21km, apesar das constantes subidas e descidas do percurso, à volta da base operacional da competição, a Quinta do Lorde.

17553646_1279868488768779_8673443977014122025_nunnamedAlice Hector, Cristobel Rios Bruno Freitas e o marroquino Guibert Alain, presentearam o publico, com provas fantásticas, que os levou aos lugares de destaque final.

Assim na linha de chegada, a grande vitória foi para o conceituado Gustavo Iglésias e para a Alice Hector.

Nos lugares seguintes, nos masculinos ficaram o melhor português, José Estrangeiro e o surpreendente Cristóbal Ríos.

Nas senhoras, para além vitória da Alice Hector, destaque para a atletas Austríaca, Margit Walek e para a Dinamarquesa, Pia Nielson, nos restantes lugares do pódio.

No Campeonato Regional Individual de Triatlo Longo, Bruno Freitas renovou o seu título de Campeão Regional 2017, secundado nos restantes lugares do pódio, pelos experientes, Carlos Nóbrega e Paulo Margarido.

17499217_1660633310909666_605400297514657511_n17554196_1660633417576322_4834092270683375566_nNa competição Olímpica, vitória para os atletas Frederico Antunes e Carla Neves.
Na competição Sprint, as vitórias sorriram a Miguel Franco e Joana Sousa.

A ARTM vem agradecer publicamente às seguintes entidades, o apoio prestado na Organização dos eventos, VI Triatlo Longo “Quinta do Lorde” Oceanlava – Machico 2017

Camara Municipal de Machico;

Hotel Resort “Quinta do Lorde”;

OceanLava Planet;

RTP/Madeira;

Federação de Triatlo de Portugal;

Governo Regional da Madeira (Secretaria Regional dos Assuntos Parlamentares e Europeus e à Direção Regional de Estradas da Madeira);

Direção Regional de Juventude e Desporto;

Associação da Madeira de Desporto para Todos;

Junta de Freguesia de Machico

Junta de Freguesia do Caniçal

Europcar;

Coca-Cola;

Powerade;

Mz Bike;

Autozapcar;

Albano Aktiv;

Clinica Dentária do Forum de Machico;

Clube de Montanha do Funchal;

Darren Wheler (www.thatcameraman.com) – Fotografo Oficial;

Fisiomadeira;

Alunos da Escola Basica e Secundária do Caniçal;

Um agradecimento especial pelo apoio à concretização do evento a:

Toda a Equipa da ARTM (colaboradores habituais e voluntários do evento);

PSP e Bombeiros Municipais de Machico;

Ao Ricardo Sousa e à Cláudia Gomes, pelo esforço e apoio à concretização do evento.

 

 

Classificações Absolutas ( Longo / Olímpico / Sprint )- VI Triatlo Longo Quinta do Lorde – Ocean Lava Madeira 2017

Classificações Geral Por Sexos – VI Triatlo Longo Quinta do Lorde – Ocean Lava Madeira 2017

Classificações Geral Por Sexos – II Triatlo Olímpico Quinta do Lorde – Reserva Natural Ponta de São Lourenço 2017

Classificações Geral Por Sexos – II Triatlo Sprint do Caniçal 2017

Classificações Estafetas – Longo / Olímpico / Sprint

Classificações Clubes – VI Triatlo Longo Quinta do Lorde – Ocean Lava 2017

My Laps – Triatlo Longo

My Laps – Triatlo Olímpico

My Laps – Triatlo Sprint

Fotos ” That Camera Man “

Mariana Vargem 2ª Classificada em Altura

O resultado da atleta insular em VRSA e Altura rende apuramento para Taça da Europa de Quarteira.

17361898_10155164488354413_6528624441367137111_nMariana Vargem ( Ludens de Machico / Máxima Dinâmica ), esteve novamente em grande plano no triatlo disputado na distância sprint ( 750m natação / 20kms Ciclismo / 5 kms Corrida ) em Altura, alcançando a 6ª posição da classificação geral feminina, sendo a 4ª classificada entre as triatletas portuguesas e 2ª na categoria de cadetes.

17425927_1874174422839090_3909719505652232501_nEste conjunto de bons resultados, VRSA e Altura, garantiram a Mariana uma nova convocatória para a seleção nacional. Depois de no ano passado ter representado as cores nacionais no Campeonato da Europa Youth na Ungria, estará desta feita presente na Taça da Europa de Quarteira, a 1 e 2 de Abril.

Outro madeirenses em prova foi Diogo Nóbrega ( ACD Jardim da Serra ), que não obstante de um infortúnio de ter perdido um sapato de ciclismo na transição, tendo de efectuar todo esse segmento com esse handicap, alcançou um honroso 14º lugar da geral, 4º entre os triatletas da categoria Sub-23.

Triatlo-de-Altura-2017-Taça-de-Portugal-Absoluta-Feminina

Triatlo-de-Altura-2017-Taça-de-Portugal-Absoluta-Masculina

 

Apresentação ” VI Triatlo Longo Quinta do Lorde – Ocean Lava Madeira 2017 “

17361838_1401215116608706_4748127254811288628_nDecorreu durante a tarde de hoje, pelas 15h30, no Forte do Amparo em Machico, a apresentação da 6ª edição do Triatlo Longo “Quinta do Lorde” / Ocean Lava – Madeira 2017 e competições associadas.

Esta 6ª edição deste evento, é a 2ª edição a realiza-se em Machico, uma vez mais associado ao Quinta do Lorde Resort, Hotel & Marina, onde estão centralizadas todas as “dinâmicas” e meios associados à competição.

unnamed (3)A localização do evento desportivo, que pela 2ª vez se realiza na costa sul da Ilha da Madeira, estará concentrado no Município de Machico, Freguesia do Caniçal, utilizando todo o espaço envolvente da idílica Quinta do Lorde e estradas de acesso à Reserva Natural da Ponta de São Lourenço. O espaço envolvente (Mar e Terra), ao evento é um dos mais visitados por turistas e visitantes na Ilha da Madeira, que beneficiam de maravilhosos trilhos e vistas marítimas, inseridas na Reserva Natural da Ponta de São Lourenço.

unnamed (4)A organização destaca o percurso de ciclismo (utilização da via Rápida entre o Caniçal e Machico), mais adaptada às normas internacionais, o que aumentará a competitividade entre os atletas e a  projecção da prova a nível internacional.

Destacamos desde já a excelente recepção internacional do evento, estando inscritos na competição atletas de 12 países, excluindo Portugal o que denota o interesse dos “mercados”, estrangeiros por este tipo de competição, único na Madeira.

unnamedNeste grupo estão incluídos alguns atletas de referência europeia e mundial, nomeadamente a Alice Hector (GBR) e Gustavo Rodriguez (ESP).

Inscritos estão igualmente os melhores atletas nacionais da modalidade, nomeadamente José Estrangeiro, Sérgio Marques entre outros.

A competição VI Triatlo Longo “Quinta do Lorde” – Ocean Lava 2017, realiza-se no dia 26 de Março de 2017, estando disponíveis três competições de triatlo, sendo a principal na distância longa (1,9 Km de Natação, 91,1 Km de Ciclismo e 20,5 Km de Corrida). Adicionalmente irão disputar-se duas competições adicionais, uma distância Olímpica (1,5 km de Natação, 46.4 km de Ciclismo e 9,3 Km de Corrida), e na distância de Sprint (750m de Natação; 16,6 Km de Ciclismo e 4,2km de Corrida).

Todas as competições na vertente de triatlo irão disputar-se na manhã e tarde do dia 26 de Março, e terão como zonas de provas, os mesmos sectores de Natação, Ciclismo e Corrida, com as devidas adaptações ás distâncias propostas para cada competição.

O VI Triatlo Longo “Quinta do Lorde” – Ocean Lava Madeira 2017, desafiara os limites dos atletas participantes, numa prova que constituirá um verdadeiro desafio físico. A competição principal será disputada num formato concentrado, tendo os atletas que disputar um segmento de natação de 1900m, seguindo-se um segmento de ciclismo de 91,1kms, e um de corrida final de 20,5 kms.
O relevo e orografia do local, associadas à aridez e proximidade do mar proporcionaram sensações fantásticas a todos os participantes, associadas às vistas únicas da costa sul e norte da Madeira, assim como de todo o maciço montanhoso da Madeira, um local único de Natureza arrebatadora, na Ilha da Madeira.
A competição na distância Olímpica e Sprint, II Triatlo Olímpico – Quinta do Lorde/Reserva Natural da Ponta de São Lourenço e II Triatlo Sprint do Caniçal, terão os mesmos atractivos da competição principal, onde a velocidade que os triatletas consigam imprimir no percurso marcará com certeza o resultado final.

 

Paralelamente a competição principal e não menos importante, na manha do dia 25 de Março (a partir das 10h00) ira disputar-se um conjunto de competições, jovens, incluídas no II Aquatlo de Aquatlo Jovem – “Quinta do Lorde” 2017, destinado aos jovens dos escalões de formação, aos quais será proporcionada uma experiência única, através duma competição de aquatlo no fantástico complexo balnear e zona portuária da Quinta do Lorde.

 

A ARTM como entidade organizadora, agradece o apoio de várias entidades publicas, em especial à Câmara Municipal de Machico; AMDpT, SRE – DRJD;  SRAP/Estradas da Madeira; Junta de Freguesia do Caniçal; Junta de Freguesia de Machico e Federação de Triatlo de Portugal.

A organização regista igualmente o forte apoio, do Resort / Hotel Quinta do Lorde e das seguintes empresas e entidades:

AutoZapecar;

Europcar;

Coca-Cola European Partners

MZ-Bike

Clinica Dentária do Forum – Machico

Bitrans Madeira

Albano Aktive

Clube de Montanha do Funchal.

 

Mariana Vargem vence Triatlo VRSA

17202733_1488905461133920_5764175768280569661_nMariana Vargem, triatleta do Ludens Clube de Machico/Máxima Dinâmica, esteve durante o passado Sábado a muito bom nível na sua estreia num triatlo sprint, ao alcançar a vitória em Cadetes no Triatlo de Vila Real de Santo António, sendo 5ª da geral e 4ª entre as triatletas portuguesas.

Com um segmento de natação que não lhe permitiu integrar o grupo principal, foi a muito custo e na corrida final que a triatleta madeirense consegui alcançar a vitória.

Outro madeirense em prova foi Diogo Nóbrega, em representação do ACD Jardim da Serra, ele que alcançou um interessante 26º lugar da geral, 22º entre os portugueses, numa prova que juntou mais de 250 atletas.

Esta foi a 1ª prova de apuramento para a Taça da Europa de Quarteira, agendada para 2 de Abril, até lá, e já na próxima semana, disputa-se o Triatlo de Altura onde teremos novamente triatletas insulares em acção.

Triatlo-de-Vila-Real-de-Santo-António-2017-CN-Clubes-Absoluta-Feminina

Triatlo-de-Vila-Real-de-Santo-António-2017-CN-Clubes-Absoluta-Masculina

Francisco e Susana vencem 7ª edição do Duatlo de São Vicente

Francisco Luís e Sandra Teixeira são os novos Campeões Regionais Absolutos de Duatlo.

17308920_1578695702158352_559233013758557246_nDisputou-se durante a manhã do passado Domingo, o “VII Duatlo / IV Duatlo Jovem de São Vicente – 2017”, tendo como entidade organizadora pela ARTM (Associação Regional de Triatlo da Madeira), e disponibilizando aos atletas compreendidos nos escalões de competição, duas provas de distâncias distintas, alem do regresso das provas jovens a esta competição.

17270518_1661303240546342_626963134_nUma prova Super-Sprint (2.5kms Corrida / 10,6kms Ciclismo / 1.25kms de Corrida), destinada aos que prendessem um primeiro contacto com a modalidade, e atletas federados que por não se sentirem preparados para uma distância 4x superior e que se incluíam nesta prova Prova Aberta/Lazer, prova que integrava também Juvenis e Cadetes, e pontuável para os campeonatos da categoria, tendo estes uma classificação separada das restantes, e outra Standard (10kms Corrida / 42,4 kms Ciclismo / 5kms Corrida), pontuável como a derradeira 17309141_1579382882089634_7638245392720963411_netapa do Campeonato Regional Individual e Clubes de Duatlo.

Na prova Super-Sprint, vitórias para Gonçalo Luís ( Ludens de Machico / Máxima Dinâmica ) e Nélia Freitas, em 2º ficou Diogo Abreu ( CD Aquático / Venda do Sócio ) e em 3º José Vieira ( CD Escola de Santana ).
17264816_1578744332153489_8022509887603161867_nEm Cadetes vitórias para Pedro Sousa ( CF Andorinha ) e Joana Sousa ( CD Aquático / Venda do Sócio ), em 2º Tiago Abreu ( Ludens de Machico / Máxima Dinâmica ) e Sílvia Andrade ( CD Escola de Santana ), e em 3º Pedro Prioste ( Ludens de Machico / Máxima Dinâmica ) e Laura Freitas ( AD Galomar ).
Nos Juvenis, escalão que se integrava igualmente nesta prova Super-Sprint, João Marote ( Ludens de Machico / Máxima Dinâmica ) e Gabriela Silva ( CF Andorinha ) foram os mais rápidos secundandos por Francisco Belo ( ACD Jardim da Serra ) e Inês Teixeira ( CF Andorinha ) e nos terceiros postos ficaram João 17156197_1578709075490348_2108271400644765576_nRamalho ( Ludens de Machico / Máxima Dinâmica) e Isabela Gonçalves ( CD Aquático / Venda do Sócio ).
José Manuel Mendonça ( Ludens de Machico / Máxima Dinâmica ) de regresso à modalidade, mostrou mais uma vez a sua força, vencendo a categoria Paratriatlo.

Na prova Standard que concentrava todas as atenções, o internacional Francisco Luís ( Ludens de Machico / Máxima 17274132_1661302170546449_1707458821_nDinâmica ), fez uma prova solitária desde o segmento de corrida inicial para não mais ter uma verdadeira perseguição à sua liderança, vencendo categóricamente esta edição da prova. Completaram o pódio Élton Martins ( CD Aquático / Venda do Sócio ) e Ricardo Rosa ( CD Escola de Santana) por esta ordem.
Nas senhoras, Susana Lourenço ( ACD Jardim da Serra ), na sua época que se estreia na modalidade mas numa vertente e distância que ia de encontro às suas características foi uma vencedora destacada, deixando na 2ª posição Vanessa Andrade ( CD Escola de Santana ) e Sandra Teixeira ( GD Corticeiras ).
17328152_1661301647213168_335995566_nPor clubes, o CD Escola de Santana foi novamente o grande vencedor da competição no sector masculino, e o GD Corticeiras no feminino.

Após o resultado obtido nesta prova, Francisco Luís e Sandra Teixeira alcançaram o 1º titulo da época, sendo agora Campeões Regionais Individuais Absolutos 2017 na vertente de Duatlo, e por clubes o Ludens de Machico alcançou o titulo em Masculinos e o GD Corticeiras em Femininos.

17155679_1579535472074375_7079610102439517653_nSeguindo-se às provas destinadas aos escalões superiores, estavam programadas as provas jovens do “ IV Duatlo Jovem de São Vicente “ onde se incluem a maioria dos atletas da modalidade, e de onde resultaram os seguintes triunfos:
Em iniciados vitórias para a dupla Gonçalo Santos e Bruna Belo (ACD Jardim da Serra, em 17264285_1579540275407228_5089419743801311768_nInfantis para João Pedro Neves ( CF Andorinha ) e Leonor Ferro ( CD Aquático / Venda do Sócio) e em Benjamins para Óscar Góis ( GD Corticeiras ) e Margarida Góis ( Ludens de Machico / Máxima Dinâmica ).

Nos clubes jovens vitórias para o Ludens de Machico / Máxima Dinâmica em masculinos, e para o CF Andorinha em femininos.

17264950_1579580065403249_3778904899667282288_nA ARTM como entidade organizadora, agradece o apoio de várias entidades publicas, em especial à Câmara Municipal de São Vicente, AMDpT, F.T.P., e SER – DRJD, bem como os apoios adicionais de privados, Auto Zapecar; Europcar, Coca-Cola European Partners ; MZBike e Clínica Dentária do Fórum Machico.

 

MY LAPS – Prova Standard

MY LAPS – Super Sprint

Classificações Escalões Jovens – IV Duatlo Jovem de São Vicente 2017

Classificações Clubes Jovens – IV Duatlo Jovem de São Vicente 2017

Classificações Geral Por Sexos – Prova S.Sprint – VII Duatlo de São Vicente 2017

Classificações Geral Por Sexos – Prova Cadetes – VII Duatlo de São Vicente 2017

Classificações Paratriatlo – VII Duatlo de São Vicente 2017

Classificações Geral Por Sexos – Prova Standard – VII Duatlo de São Vicente 2017

Classificações Clubes – VII Duatlo de São Vicente 2017